SIMPLES-“Quando erramos,a crítica vem a jato.Quando acertamos,o elogio vem a jegue.”

Bom dia!Se eu não concordo com uma opinião ou ponto de vista eu falo. Até porque nós somos civilizados. Engraçado é a capacidade de criarmos deuses,onde tudo o que ele dizer está correto, é escrito com sangue e nunca poderá ter a sua opinião contrariada, já que ele, o semi-deus, sabe mais que nós, pobres mortais.Pessoas fingem ser ignorantes para não passar aquela ideia de serem chatas ou cricri, frases como:  “Ele vai ficar sismado ou chateado comigo se eu discordar “ são ditas por aqueles que têm medo de se expressar. O ato de entender ou aprender algo começa no momento que você discute o por que deste algo ser ou existir assim.Faz tempo que não faço textos sobre o cotidiano,fazer eu sempre estou fazendo mas não os públicos.  Eu acho que ter um blog é ter coragem de se expor e emitir sua opinião sem medo das críticas,  são bem vindas,não estou sendo hipócrita em dizer isso. Eu recebo muitos elogios e sou do tipo de pessoa que não sei lidar com elogios, me sinto desmerecedora de tal elogio. Ao longo desses anos Já fui tão criticada negativamente, tão xingada e subestimada que minha autoestima que já era pouca sumiu de vez. Não culpo  ninguém por isso foi eu que não soube me impor quando foi preciso. Foi eu que deixei que pessoas vazias e sugadoras de energias se aproximasse de mim. Quando eu criei meu primeiro blog já sábia dos futuro problemas,a gente não tem obrigação de agradar a gregos e troianos e não tenho pretensão para isso. Outro dia li uma coisa que uma amiga me disse e fiquei pensando, será?  Ela disse:” Amiga, seu blog não é para clientes “Sensíveis” porque eles se ofendem.”?, ok, eu digo que não pra é clientes “sensíveis e mal educados”, eu não vim ao mundo com a missão de bajular as pessoas,não puxo saco de ninguém, não tenho amizades por interesse e não me submeto a relacionamentos abusivo só para provar pra sociedade que tenho um macho. Eu não vou escrever tudo bonitinho e mentiras só porque o cliente pode não gostar, as pessoas tem que saber separar as coisas,se não querem que os exponhas então haja como homem e com responsabilidade. Tenhas firmeza e comprometimento quando procurar esse tipo de serviço,. O grande problema é que as pessoas na grande maioria achan que somos massagistas,acompanhantes,por diversão. Eu não estou nessa profissão pra agradar e fazer os caprichos alheios, eu não sou obrigada a sair com pessoas que se aproximam com intuitos de ser amigo pra “comer” de graça, até parece que um homem que se dá ao respeito vai aceitar um relacionamento com piranhas. Para mim é um homem muito atoa e com autoestima baixa, homem que é homem não aceita que sua mulher faça sexo ou amasse os pintos alheios. E tem alguns caras que ainda acham que estamos no desespero pra ter alguém que ainda falam ” Ah gata não me importo com a sua profissão “. Oiiii? Não se importa? Pois eu me importo. Eu odeio gente carente e problemática que acha que pode nos comprar com uma conversa fiada pra boi dormir.Eu não quero,não estou disponível  para namoro parem de ser chatos e parem com essas cantadinhas ridiculas, tem um monte de mulher querendo um boy pra chamar de seu,eu não quero. Fui Clara? Voltando ao assunto do blog,eu só escrevo sobre algum cliente quando a coisa chega no limite,se você andar certo,se você cumprir com o combinado Não vejo motivos para eu falar de você.  Mas as pessoas algumas lógico, abusam da paciência da gente. Não sou amargurada como um moço comentou,sou objetiva Não tenho saco pra ficar mimimimi com clientes, é o meu trabalho mas isso não me obriga a enviar fotos nuas pra ninguém e não as mandos, é errado isso?  Eu não quero ue. Não me sinto obrigada a nada.  Outra coisa eu digo que não faço sexo anal e a pessoa já grila e grita”noossssssa, como não?  Como uma puta não da o cu”. Cara,você escuta isso e fica calada? Eu não fico. Agora pra ser piranha é obrigatório dá o cu? Nunca vi isso, até porque mesmo recebendo eu só faço algo quando eu quero,não é  me pagando que compras minha alma e meus princípios, não é  pagando que vou me machucar só pra ver o clieeeeente feliz! Tudo tem limite e o bom senso Também. Então ,eu escrever algumas coisas no blog soa como um afronta a certas pessoas,elas se doem,me xingam,me mandam e-mails ridículos,  eu fico pendando…essa pessoa é  louca só pode, eu não costumo citar nome de ninguém, eu tenho blog é para escrever e expor o que acho e quero,se fosse para eu ficar parada feito uma árvore que vez ou outra mexe-se as folhinhas e galhos eu teria um site. Vou explicar a diferença entre site e blog(?Sites transmitem uma imagem mais profissional dos serviços e produtos ofertados. Tendem a ser mais tradicionais e formais. ?Blogs são mais espontâneos e tem conteúdos mais flexíveis, expressando opiniões pessoais. Normalmente permitem mais interatividade com os internautas.). No dia que eu montar minha clínica eu terei um site,mas por enquanto vou continuar com o blog. Querendo ou não querendo eu vou continuar escrevendo,se não gostas e não respeita é simples clica no “xizinho”Eu recebi uma Crítica negativa,até achei pertinente em alguns aspectos,e o moço ainda sugeriu que eu tivesse um blog só para as massagens e outro so para minhas opiniões. ? Esse blog um dia vai “morrer” eu não vou escrever mais minhas opiniões, mas por enquanto o blog fica e se assusto as pessoas? O que posso fazer? Não vou fingir ser quem eu não sou so para agradar.Pra mim a crítica negativa funciona assim: O moço entende do tema, tem um bom conhecimento da área e vem apontar erros e indicar soluções, tentando contribuir de alguma forma.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *